segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Relato Felipe Souza (Fininho)

Missão comprida, cumprida!
É fantástico como sempre vejo a mesma empolgação e farra no início dos brevets, alguns com muita expectativa por nunca terem enfrentado essa distância e outros revivendo e ensinando com suas experiências de quilômetros rodados e ao final, cansados, menos empolgados e com certeza, muito satisfeitos pelas conquistas.

Afinal, ciclista que pedala 300km não pode ser comparado ao ciclista que pega uma bicicleta qualquer e vai até a padaria comprar um sonho. O sonho de um randonneur é bem diferente e não menos doce, depois que concluímos nosso brevet. 
Enquanto estamos lá pedalando horas a fio, no escuro, debaixo do sol, com vento, com chuva, com frio, com neblina, que nesse audax foi a vilã, sempre tem um vilão!, nesses momentos experimentamos a dureza e o amargo do sacrifício, mas que é recompensado ao final ou muitas vezes ao chegar a um PC e ser tão bem recebidos.
Falo aqui desse 300km, mas vale a mesma coisa para todos, desde os 200km até o 600km que tive a honra de participar em tão boas companhias, ciclísticas e da organização.
Thiago Gomes abraçou o Audax Rio com força há alguns anos, e pelo que vejo, continua abraçando com mais força a cada prova e ano que passa. Aos que participaram se não perceberam, Thiago estava em todos os PCs, indicando que ele estava dirigindo pelas estradas, cuidando do rebanho e dando aquele suporte moral ao povo. Está de PARABÉNS!
Não por menos o agradecimento a Renata, outra guerreira, Thiaguinho e todos que trabalharam para o evento ser realizado.
Mais um Brevet concluído. Satisfeito por vários motivos, a distância concluída, as novas amizades e os laços mais antigos que nos trazem a sensação de sermos uma grande família, até arrisco alguns nomes. Sebastião, Manoel, Cezar, André, Moisés, Christiano e muitos mais.


Obrigado

Felipe Souza (Fininho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.