quinta-feira, 22 de março de 2012

Relato Brevet 200 - Luiz Otávio


Seres pedalantes,
Domingo passado tive a oportunidade de participar do Audax 200 em Rio das Ostras, organizado pelo pessoal do Audax Rio, segue a review:
O percurso é estremamente plano e rápido. O vento soprou sul durante a prova toda, o que fez a volta ser mais sofrida que o normal.
A pavimentação é muito boa. Bikes de speed podem ir com 700X20 que não vão sofrer! A única exceção é o trecho urbano de Macaé, sem buracos mas com o asfalto muito irregular a organização da prova poderia
utilizar estradas que fazem a volta na cidade como a linha verde e linha azul, driblando em grande parte o trânsito e as irregularidades do asfalto.
A prefeitura de Casimiro de Abreu, Rio das Ostras e Quissamã disponibilizaram carros e motos para ajudar na estrutura do evento, acompanhando os participantes e ajudando no trânsito.
Os PCs estavam muito bem abastecidos, com bastante água, frutas de sobra, mariola e mais um monte de coisas para nenhum "audaxioso" ficar sem combustível!
Os voluntários deram todo o suporte e força necessária. Todos muito legais e não faltou incentivo por parte deles.
A largada e chegada na Praia de Costa Azul é muito bonita, um expoente da prova!
Segue aí o link do Garmin: http://connect.garmin.com/activity/159678247
Minha alimentação sólida foi à base de batatas cozidas e salgadas, deglutidas com muito gosto durante as paradas nos PCs. Gatorade e água foram os líquidos ingeridos até o km 155. Me empolguei demais nos kms
iniciais e isso custou uma baixa monstra de glicogênio (popularmente chamada de "bater no muro pelos maratonistas ou "a hora que o urso sobe nas suas costas" entre os ironmen) no km 155, solucionada com uma dose generosa de coca-cola. Do km 170 pra frente a coca-cola já estava fazendo efeito e o rendimento voltou quase ao normal.
Uma prova muito bonita que faz valer a viagem de tão longe!

Abraços e até os 300!

L.O.

6 comentários:

  1. Parabéns pela conclusão!
    Essa região é muito bonita, mas o vento é sempre muito forte mesmo.
    Pretendo participar do 300 (fiz o 200 ano passado).
    Babei bastante nas fotos dessa prova.

    Marcio Costa

    ResponderExcluir
  2. Média de velocidade de 32km/h foi pra humilhar a rapazeada, hein?! Parabéns cara.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns! Você foi o primeiro a chegar, não foi? E essas rodas Zipp, são clincher ou tubulares?

    Roberto Tavares

    ResponderExcluir
  4. Ricardo, dá um desconto pois as TT são ideais para um percurso plano como esse. Se fosse pra pegar serra a média seria MUITO diferente!

    Roberto, estou usando um par de pneus clincher 700x23, já perdi minha paciência e muita grana com tubulares, rs!

    ResponderExcluir
  5. Olá a todos do Audax Rio.
    Parabéns! Repetindo o que foi dito, "Média de velocidade de 32km/h foi pra humilhar a rapazeada, hein?! Parabéns cara."[2] Hehehhe. É que como sabemos, no audax é 'normal' muito mais normal, e gratificante, pedais mais lentos, para curtir o ambiente, e claro, filmar! Mas é bom saber que há quem 'meta o pé'. Gosto também de forçar ao máximo. Mas de MTB (não que speed seja algo que eu deteste). E nada de 700x20 hein! Eu já furei 7 (SETE) vezes com este tipo de pneu. Tem que ser, no caso, tubular e de otima qualidade. Para o Audax Rio, nós, dos megariders, recomendamos pelo menos 700x28, mas vai quem quer , e quem já se habituou e sabe das manhas :)

    Abrs e ótimo pedal!
    Ivan, dos megariders

    ResponderExcluir
  6. Pessoal,

    acho que houve uma confusão na interpretação da minha resposta. Quando quis dizer "ideal" fiz referência à adequação de uma TT ser rápida em percursos planos. De forma alguma quis condenar ou desprezar qualquer outro tipo de bike, seja reclinada, pinhafixa, mtb, híbrida ou speed. A festa do Audax é justamente essa de reunir todas as tribos pedalantes e comemorar em 200 km!

    Eu tbm já fiz alguns Audax em Bsb e Poa de Mountain Bike e cheguei muito mais inteiro por conta da posição e do conforto da suspensão.

    No Audax de Campos de Jordão eu paguei todos os meus pecados porque fui de TT para aquela subida monstra. A TT é uma bike para percursos muito específicos, planos, e se começar a subir e descer muito o ciclista vai morrer de tanta força que vai fazer.

    Quanto aos pneus, nesses percursos mais longos eu sempre uso 700 x 23 pois é muito mais confortável que o 700 x 20 e Mr. Tuffy pois o desconforto de um pneu furado durante a prova eu acho que vale os poucos gramas de peso a mais. Quando fiz Audax c/ minha MTB usei 26x1"

    O Audax 200 RDO foi um excelente treino para o Ironman Brasil 2012, mais uma excelente oportunidade de calibrar intensidade, alimentação e acostumar a cabeça, pois fazer força por tanto tempo assim não é mole!!

    Valeu Galera! Parabéns a todos que aceitaram o desafio e ralaram até o osso naquele vento contra na volta. Nos vemos nos 300!

    ResponderExcluir

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.