quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Relato Brevet 200 - 'Vinil'



Povo e pova dos pedais... minha historia nestas provas é breve, mas é apenas um inicio, e disso eu tenho certeza! 

Primeiro foi o Audax 200 de novembro, eu acabei entendendo errado qual era a idéia da prova e na minha cabeça a prova teria 200km com 3000m de subidas acumuladas! não sei em qual post do blog eu vi isso, mas com base nestes dados, desandei a treinar subida igual a um doido. Subia o alto por todos os lados, chegava em casa, refazia meu treino no bikely (http://www.rio.audax.org.br/2010/08/e-aqui-que-eu-treino-2.html) e a altimetria não ia nem perto dos 3000! Ainda bem que isso não se confirmou, e fiz meu primeiro Audax, brevetando sem maiores problemas e evitando a cãimbra...

Ainda em novembro, convenci um amigo, o Christian Sens a tentar o desafio 100. Ele foi, tentou, completou e viciou... e embarcou comigo neste novo brevet 200.

Outro parceiro de pedaladas, o Marcelo também ficou "pilhado" e fomos os 3 como uma equipe para Rio das Ostras.

Optamos pelo combo da Pedal 2 e o clima da brincadeira foi iniciado ainda na van. Ficamos em RO na casa de um amigo e conseguimos negar quase todas as cervejas que nos foram oferecidas. Na reunião técnica, fiquei completamente perdido e não estava entendendo mais nada... mas uma coisa eu entendi, tinha show de jazz na cidade! Mais uma vez resistimos aos sabores das cervejas e por conta de problemas no show, fomos para a maravilhoso rango do combo. Abastecidos e sóbrios fomos relaxar para o grande dia.

Foi aquela correria para chegar a largada na hora certa. E enfim, largamos! 
No inicio a galera acaba abusando um pouco e o ritmo do pedal estava relativamente forte, parecia que a idéia não era pedalar o dia todo. Combinamos de revezar na dianteira e assim fomos por vários kilometros. Pouco depois do PC 2 fizemos uma parada não programada para colocar agua gelada para dentro, o calor fez minha agua ficar muito quente e aquilo não estava ajudando e o vento contra, que sabíamos que seria um problema estava como de um secador de cabelos. e nesta parte final, até o PC3, a previsão era de piora e os canaviais do caminho, faziam o ar ficar ainda mais quente. Foi justamente nesta parte que o Christian começou a pifar e encontramos a Renata que nos acompanhou por boa parte do caminho. Agora, Marcelo e eu ficávamos mais na dianteira para poupá-lo
Finalmente o último PC, o PC3!! Isso mesmo, na minha cabeça, o final era lá em Quissamã e esta mentalização me ajudou e muito. como o trajeto da prova era basicamente uma grande tripa, meu objetivo era chegar até o PC3 e depois "só" voltar para casa... Na prefeitura de Quissamã, comi pouco do macarrão (que estava ótimo) por medo de ter algum revertério na minha volta. Por experiência de outros carnavais, lido melhor com a fome do que com o enjôo. Ficamos um bom tempo neste local, aproveitei para tacar agua gelada para dentro... saímos da prefeitura, pegamos duas segundas à esquerda e rumamos para a verdadeira chegada!

Neste momento, nós 4 (a Renata continuou conosco) aumentamos o ritimo da pedalada, o vento mesmo que não muito forte, mas desta vez a favor, ajudou. Pouco a frente encontramos mais 2 (não me recordo os nomes). Mesmo com a longa parada para o almoço, o Crhistian continuava ficando para traz e tentávamos ao máximo fazer com que ele pedalasse perto para aproveitar o vácuo. Não adiantou e fizemos mais uma parada numa birosca. Fui com o Marcelo comprar agua, ele me pergunta se dividiria com ele uma cerveja... Topei, não sendo Cintra... um dos 2 novos no grupo, reclamou:
- Ai já é sacanagem, estou me matando para acompanhar e vocês ainda vão beber cerveja?!?!?! - Bebemos nosso Skorade e pedal na estrada, nesta parte o Sens pediu que fossemos sem ele, que não desistiria, só iria num ritmo mais tranquilo. Confesso que achei bom, pedalar mais devagar, fazia com que o vento relativo ficasse mais fraco e a temperatura subia. No mesmo local da parada da ida, ficou combinado que qualquer problema ele ligaria e seguimos agora só Marcelo e eu, os outros 3 ja haviam sumido a nossa frente.

Voltamos a acelerar e em uma pequena subida, optamos por caminhar para evitar as cãimbras. O entrosamento funcionou e com um pequeno gesto, o outro ja assumia a dianteira, passamos os 3 e mantemos uma boa velocidade até o PC4. 

PC4, bem que eu queria fazer uma meia horinha de ergométrica, mas não tinha na ótima academia publica de macaé.. rsrs Aproveitei a grama sintética para fazer um breve alongamento e neste meio tempo, voltamos a ser 5 o Christian ainda era um desaparecido... acabamos ficando tempo de mais no PC pois aguardávamos o trio reabastecer e relaxar. nesta hora vemos um audacioso passar direto pelo pc e comentamos, "lá se vai um brevet pelo ralo!" Poucos minutos depois, o tal perdido era nosso amigo Sens... comemoramos a chegada dele e partimos, já estava com frio e isso não seria bom. Ficar tanto tempo parado fez minha perna ficar com preguiça de continuar e senti as primeiras dores na coxa. O sol direto no rosto também esta me incomodando, nunca fico tanto tempo no sol. 
Agora sim, o último pc, parada rápida com agua gelada (a melhor agua de todos os pcs) e toca toca para a chegada... umas subidinhas e uma certa confusão devido a diferença entre a planilha e nossos odometros, pegamos a "Avenida Atlântica" de Rio das Ostras, ficamos o mais próximo o possível e como um só, nós 5, cruzamos a linha final!! Todos devidamente brevetados!!! 

O Crhistian chegou quase nos acréscimos e também garantiu seu brevet.

Queria agradecer a todos da organização, aos voluntários, que foram super atenciosos! E é claro ao Marcelo, Christian, Renata e aos outros 2 que eu faço questão de descobrir os nomes!

Obrigado!!!

Luiz paulo Leão "Vinil"

5 comentários:

  1. Essa prova foi emocionante mesmo! Esse é o verdadeiro espírito do Audax. Só quem se propõe a pedalar 200km, é que sabe a sensação de cruzar a linha de chegada. Os outros 2, Junior e Ismael, deram um show no pedal tb. Quero agradecer por terem me "adotado" na metade da prova. Concluímos com uma média forte, mas o principal, foi o nosso psicológico que estava com uma excelente performance!!!
    Valeu cada giro! E aí?? Partiu 300Km ??? :))

    Obrigadaaa meninos!! E Parabéns pela superação de cada um!!!

    beijos e até!
    Renata Magalhães

    ResponderExcluir
  2. Pois é, eu "quando retornei a sã conciência" rsrsrs, refiz a prova toda na cabeça e não conseguia lembrar o nome dos outros 3 que nos acompanhavam, Eu (Jr), Ismael e a Renata.
    Que bom que o primeiro post foi o de voces, isso prova que aquele pequeno pelotão de desconehcidos, mas no entanto bem próximos, estavam empenhados em terminar os benditos 200, e com certeza foi uma experiência ímpar na nossa vida.
    Acho que a história de nós 6 foi muito bem descrita por vc. Só a parte da cerveja que foi exageiro! rsrsrsr
    Eu é que estava com uma vontade da porra de beber ela, só que seu eu fizesse isso, naquele momento eu ficaria por lá mesmo... no boteco... bebendo cerveja. rsrsr
    Mas eu já havia comentado com a Renata e gostaria de partilhar isso com voces.
    Foi o meu primeiro Audax, não tinha referência nenhuma do que seria, enfim.... era tudo muito novo.
    Confeço que ao chegar ao PC 3 (Quissamã) eu já não acreditava que iria terminar, mas com o apoio dos 6 desconhecidos consegui brevetar.
    Vale ressaltar que o exemplo da Renata, estampa bem o espirito do Audax, depois de uma queda no dia anterior, ela, mesmo com várias feridas pelo corpo, aquele calor infernal e a água que parecia que iria despenar galinhas, completou e me fez completar.
    Parabéns Marcelo, Cristhian, Vinil e Ismael
    Parabéns Renata, pelo exemplo de superação!
    E com certeza nos veremos nos 300!!!!

    ResponderExcluir
  3. Agora sim:
    Valeu Jr. e Ismael!! Foi irado o pedal!!
    Entrei nesta de Randonneur, basicamente pela idéia de cooperação e não de competição.
    Abç
    Vinil

    ResponderExcluir
  4. galera postei algumas fotos no facebook

    http://www.facebook.com/albun.php?aid=60887

    ResponderExcluir
  5. Valeu galeraaa, mandei um complemento ao relato do Vinil mas ainda nao foi postado...

    Abraços
    Christian Sens

    ResponderExcluir

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.