domingo, 3 de outubro de 2010

Leve, use e seja feliz 1

O sujeito vai viajar e faz uma lista de coisas a levar, tudo necessário e que será usado... ou não. Numa viagem de férias tudo bem, mas no ciclismo de longa distância é preciso mais critério na escolha do que é necessário carregar. Peso morto é o fim da picada.
Também não adianta levar algo e não saber usar. Nem sempre pode aparecer rápido um bom samaritano pra te tirar da enrascada...
Veja dicas de ferramentas e acessórios a levar (e aprenda a usá-los!):


- Câmara de ar reserva é bem óbvio, mas o kit de remendo nem tanto. Pra que levar se você não sabe usar? Melhor ser mais honesto e carregar 2 ou 3 câmaras de ar. Sim, porque se você não sabe localizar o furo, o quanto lixar, quanto de cola colocar e quanto tempo esperar, melhor não levar um kit que por mais leve que seja, pode te fazer perder tempo tendo que desmontar pneu/câmara para remendar de novo. Se quer levar e não sabe usar pede uma aula praquele seu amigo que sabe. Ele vai te explicar, por exemplo, porque acrescentar palito de dente ao kit. :-)


- Chave de raio.
Um leve empeno por conta de uma pancada pode ser amenizado e até 'curado' com uma simples chave de raio. O processo demanda um pouco de paciência, mas o resultado pode animar o ciclista afetado pela pancada naquele maldito buraco e garantir um bom desempenho das rodas afetadas no resto do brevet. E não é tão complicado usar aquela 'rosquinha' de metal.

5 comentários:

  1. Hum...palito de dente é....
    Acho que vou comprar mais umas duas câmaras...
    :)
    Abraços,

    PS.: ótima idéia do post sobre ferramentas e acessórios, principalmente para os novatos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Fred,
    O palito de dentes serve pra você enfiar no furo, quando ele é muito pequeno e enquanto a câmara está cheia e ele aparece porque sai ar pelo furo. Assim você não o perde de vista quando murchar a câmara, pra poder fazer o remendo.
    Abs

    ResponderExcluir
  3. Não seria mais interessante explicar essas questões ao invés de fazer piada disso?

    ResponderExcluir
  4. Ricardo,
    Não há piada nenhuma. Conserto de câmara de ar, desempeno leve com chave de raio, emendar uma corrente partida, trocar um cabo de aço entre outros pequenos consertos são tão básicos para um randoneiro (ciclista de longa distância) como saber trocar de marcha. Pra quem ainda não sabe julgo ser urgente e muito mais adequado pedir auxílio a um amigo que saiba e possa ensinar.
    Apesar de você não ter entendido a real motivação do post vou encarar como uma dica de pauta e pesquisar tutoriais sobre estes e outros consertos. O que acharmos irá para o blog nas próximas semanas.
    Abraço
    Edu

    ResponderExcluir
  5. Uma boa dica além das câmaras reservas é levar um kit de remendo já com cola, comprei um da marca park tool e já testei e funciona muito bem, dispensa totalmente o bastão de cola, mas o palitinho e a lixa continuam indispensáveis. Eu aprendi vendo um cara fazendo num cicle, mas aprender com um amigo é sempre bom. Tapei alguns furos usando a cola, mas depois da dica do José Lobo do remendo com cola num workshop de mecânica de bike eu passei a adotar e não quero outra vida, a cola do remendo adere de tal forma que fica perfeito.

    Abraços,

    ps: tutoriais no youtube

    Odir Nascimento

    ResponderExcluir

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.