domingo, 27 de junho de 2010

Audax randonnée é cooperação

Cooperação significa não competição. Há mais de um século que essa modalidade é praticada mundo afora e não há como mensurar a contribuição ao esporte e às sociedades como um todo, de um evento em que os participantes são estimulados a se ajudar mutuamente e em que todos os que completam são iguais.
O Audax Rio enfatiza esta imensa virtude do Audax estilo randonnée e agora adota um sistema de divulgação de resultados que visa evitar os pouquíssimos casos de equívocos interpretativos de alguns atletas, que insistem em colocar os tempos em ordem de chegada e divulga sua posição final.
A partir da próxima temporada não divulgaremos mais os tempos no blog. Apenas 2 classes serão divulgadas BREVET para quem completou dentro do tempo e ND (não disponível) para todos os demais casos. Cada atleta receberá sua hora de passagem nos PCs e de chegada  por e-mail ou poderá consultá-los pessoalmente na Pedal 2.
Não importa se você chegou em primeiro ou em último. No Audax Rio todos são vencedores (mesmo os que não completam) e vamos valorizar este sentimento e prática.
Veja abaixo como ficaram os resultados das temporadas realizadas seguindo o novo modelo.

Resultados da Série 2008
Resultados da Série 2009
Resultados da Série 2010

A propósito, destacamos abaixo um artigo do regulamento BRM que corrobora com esta medida.
Artigo 12: (...) Estes brevets não são competições e não comportam classificação. (...). 

6 comentários:

  1. Iniciativa apoiadíssima.
    Forte abraço!
    Everton Jordão

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente maravilhoso, bombástico, fantástico, indescutível, sensato, perfeito !

    Audax não é competição, o atleta até pode ir fazer seu treino pessoal, aproveitar a estrutura e tal, mas vejo ciclistas bem ansiosos, desesperados, sérios, sisudos e preocupados, incapazes de parar 10 minutos para ajudar quem precisa, afinal, performance é performance...E competições há centenas centenas, Audax só uma, não é justo dexiar que se contamine pelo espirito competitivo também esse evento.

    Parabéns de verdade, a mais sábia decisão que faltava ser adotada.

    Márcio Campos

    ResponderExcluir
  3. Acho fundamental lembrar a todos essa regra que é o espírito do Audax. Só não pode esquecer o nome de quem participou , inclusive como voluntário para fazer a prova separadamente. No Audax 300 Km de 2009 eu e o Eduardo fizemos a prova uma semana depois e nosso nome não consta da nova lista.
    Grande Abraço,
    Maurício Helman

    ResponderExcluir
  4. É Maurício, você tem razão. Não publicamos o resultado completo no ano passado, o que incluiria o Brevet dos Voluntários do 300. Falha minha! Mas nosso brevet foi homologado em Paris junto com os da prova principal.
    Forte abraço
    Edu

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de aproveitar este tópico e enaltecer o companheirismo de amigos como o Edu e o Otoshi( desculpe se a grafia não é essa), que "perderam" mais de 60 minutos prestando auxílio a um companheiro que se encontrava em apuros (câmbio quebrado, gancheira torta, roda empenada e corrente arrebentada no Km 48,7, ou seja, no início da prova). Graças a esses verdadeiros AUDAXIOSOS e ao Fininho ( Pc 1 e 5 )é que eu pude alcançar o meu intento pessoal de realizar o AUDAX 300. Obrigado AMIGOS!
    Mauricio Gonçalvs

    ResponderExcluir

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.