sábado, 29 de maio de 2010

Dicas especiais (convém ler atentamente)

Para muitas pessoas a dificuldade de uma pedalada se resume à quilometragem. Talvez considerem as subidas também. Porém, quem já pedalou um desafio ou brevet sabe que pode enfrentar muito mais do que o Bikely e a planilha mostram.

Na semana passada um dos organizadores foi fazer a planilha numa espécie de simulado, pedalando pelo trajeto no horário aproximado que os atletas passarão por ele. Assim, ele descobriu dificuldades comuns e incomuns em eventos dessa magnitude, que resultaram nas dicas que se seguem.

O evento é predominantemente noturno (tanto para o Desafio quanto para o Brevet) logo o uso de farol é justificado. Ocorre que há trechos realmente muito escuros, portanto é imperativo possuir um esquema de iluminação MUITO BOM. Isso exclui o uso de apenas um daqueles faróis de led que usamos na cidade tão bem.
O ideal é usar um farol potente e um auxiliar (leia o Post "Cadê meu farol?"), ambos com pilhas extras. E outra dica: teste-os em um simulado. Isso mesmo, é altamente recomendável virar ao menos uma noite pedalando. Dá uma carga de experiência super valiosa.

Veja abaixo exemplo de como é a estrada:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.