terça-feira, 30 de março de 2010

Pedalando de noite 1

 Foto: Flat's on
Neste ano é possível termos uma novidade. O desafio de junho seria noturno, ao invés de diurno como foi no ano passado. Pra organização facilita a montagem e operação dos PCs, que serão reais e não virtuais como no ano passado. Para os atletas significa que terão mais companheiros na estrada, logo maior possibilidade de exercitarem a soldariedade.

À noite aliás tem algumas dicas e informações importantes tanto para marinheiros de primeira viagem (noturna) quanto para os experientes. A série de textos começa hoje com estas dicas:
1) De noite faz frio. As estradas, ao contrário das cidades esfriam mais à noite. Nada insuportável, mas é desejável ter mais de uma camada de roupa, ao menos na área do tórax e abdomen. Em 2009 a estrada ferveu a mais de 30 graus de dia, mas teve audacioso que passou frio de noite. Porém, não exagere nos agasalhos, pois de dia eles virarão carga;
2) Iluminação de emergência. Durante a pedalada está tudo bem com um ou dois faróis potentes iluminando o caminho, e pilhas reserva para eventualidades. Mas e se o pneu furar longe de um poste de luz? Seu farol deve sair fácil do guidão virando uma lanterna para que o companheiro ilumine o conserto. Se estiver sozinho isso pode ser um problema. Alguns consideram levar uma lanterna de cabeça. De acordo com o número de inscritos pode ser importante devido à menor possibilidade de ter algum companheirojunto de você.

De qualquer maneira a dica de ouro é treinar à noite para descobrir quais serão suas reais necessidades.
A propósito em 12 de junho será Lua Nova.

Um comentário:

  1. EXISTEM UMAS LATERNAS DE CABEÇA, CUJA A CIRCUNFÊRENCIA É BEM AMPLA,E O PREÇO BEM BARATO,ALGUMAS POSSUEM 7 LEDS OUTRAS 9 LEDS DE ACORDO COM O GOSTO DO FREGUÊS, ESSAS ILUMINAM BEM.
    UM FORTE ABRAÇO PARA TODOS DO AUDAXRIO

    ResponderExcluir

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.