quarta-feira, 3 de março de 2010

História do Trajeto 4

A rota do Audax vai literalmente abraçar o bairro de São Francisco, passando por duas avenidas na ida (Quintino Bocaiúva e Rui Barbosa) e uma terceira na volta (Presidente Roosevelt). Vale a pena saber mais sobre o tradicional bairro niteroiense.

Foto: wikipedia
São Francisco é um dos bairros em que se divide a cidade de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro, Brasil.
Seu nome vem da igreja consagrada a São Francisco Xavier. Referências à igreja e ao bairro podem ser encontradas já no século XVII. A Enseada de São Francisco, também conhecida como "Saco" de São Francisco (devido ao formato da enseada) era importante fonte de peixes tanto para os nativos indígenas como para os colonos portugueses.
No século XVIII existia importante estrada que cortava a área, ligando o bairro de Icaraí ao de Charitas costeando o Morro do Cavalão e depois ao bairro de Piratininga, através do Morro da Viração, o que representava acesso ao Oceano Atlântico no fim da estrada, já que os bairros de Charitas, Icaraí e São Francisco têm, todos, costa apenas na Baía de Guanabara.
A população é de aproximadamente 9.620 habitantes (em 1991), o que representa 2,21% da população total de Niterói. Não há favelas no bairro.
São Francisco tem em funcionamento o primeiro sistema de coleta seletiva sistemática do Brasil. Implantado em 1985, é fruto de uma parceria entre uma associação de moradores, um centro comunitário e a UFF. em seus 25 anos ininterruptos de atividade serve como modelo e incentiva a disseminação da coleta seletiva no Brasil.
A beira-mar do bairro é famosa pela concentração de bares, restaurantes e casas noturnas, sendo um dos pontos mais badalados da cidade. A calçada à noite, se torna uma passarela, onde circulam famosos e anônimos cheios de estilo e beleza. Assim é São Francisco: um bairro residencial com um misto de calmaria, requinte e diversão.
Fontes: Wikipedia e Recicloteca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.