quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

História do Trajeto 1

Começamos a série de textos sobre a história do trajeto pela ligação hidroviária Rio - Niterói.
                                                         Foto: Blog de Niterói

A história das barcas começa em 1817, quando D. João VI autorizou a exploração da navegação a vapor na Baia de Guanabara. O sistema de navegação entre as cidades do Rio de Janeiro e Niterói é existente desde
1853.
Em 1889 foram inauguradas as novas estações na praça Araribóia, em Niterói, e na Praça XV, no Rio de Janeiro.

Em 1959 a estação de Niterói foi incendiada, devido a má qualidade dos serviços prestados, mas em 1963 começaram a navegar as embarcações para 2.000 passageiros.

Em
1977 foi criada a Companhia de Navegação do Estado do Rio de Janeiro (Conerj), pertencente ao Governo do Estado, que passou a operar todo o sistema de transporte aquaviário do Rio de Janeiro. Em 1998, um consórcio de empresas privadas assumiu o controle acionário da Conerj, sob regime de concessão, dando origem à Barcas S/A.
A travessia marítima entre Niterói e o município do Rio de Janeiro é feita por duas rotas, ambas tendo como destino a estação carioca da Praça XV. As estações em Niterói localizam-se na Praça Araribóia, no Centro, e no bairro de Charitas.
A travessia entre a Praça Araribóia e a Praça XV é feita por barcas de grande porte, com capacidade de até 2000 passageiros, num trajeto que dura cerca de 20 minutos. Desde 2006 as barcas vêm sendo gradativamente substituídas por catamarãs de grande porte, com capacidade inferior (até 1200 passageiros), porém perfazendo um tempo de travessia menor, entre 12 e 15 minutos. Ainda assim, muita gente ainda prefere aproveitar o charme da antiga e vagarosa embarcação para apreciar melhor o visual seja a passeio ou a trabalho.
No dia 14 de março muitos atletas devem usar a lenta e charmosa barca para ir do Rio para Niterói, onde será a largada de ambas as provas (e voltarão ao Rio nela ao final da prova). Como em 2009, teremos uma peculiar reunião técnica pré-largada na própria barca. Os que já estiverem em Niterói receberão essas últimas instruções na praça Araribóia em frente à estação das Barcas.
Fontes: Foto Rio de Janeiro e Wikipedia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.