sábado, 18 de abril de 2009

Reunião de largada

Algumas provas esportivas tem uma reunião pré-largada entre os organizadores e os atletas. No caso do Audax não será diferente, mas será peculiar. A conjugação de horário ideal de largada (6:30), local (Estação das Barcas), origem principal do público (Rio de Janeiro), meio de transporte preferido (Barca) e o primeiro horário deste transporte (6:00), nos deixou numa 'saia justa', por isso precisamos nos esmerar para dar certo.

Felizmente a simplificação da prova e a presença de bons voluntários nos permitem inovar. A reunião de largada ocorrerá em dois locais ao mesmo tempo e com o mesmo conteúdo. Os atletas que usarem a barca pra ir a Niterói participarão dessa reunião dentro da barca, durante nossa travessia da Baía de Guanabara.
Os atletas que optarem por ir de carro, ou que já estiverem em Niterói, participarão da reunião de largada em Niterói e para isso DEVEM chegar à estação das Barcas até 6:10 para ouvir as instruções.

IMPORTANTE: quem se atrasar para a largada porque perdeu a barca de 6:00 ou por outro motivo, pode largar até 7:00. Mais do que isso demandaria que o atrasado corresse muito para recuperar o tempo perdido para chegar ao PC 1 e o Audax não funciona assim.

A fim de evitar ao máximo as dúvidas, e para os eventuais atrasados transcrevo abaixo o conteúdo preliminar desta reunião. Podem haver modificações e estas serão passadas na reunião de largada de amanhã:Faremos a chamada pela lista de inscritos;
2) Os carros dos PCs são: PCs 1 e 3 - Fiat Siena prata; PC 2 - Ford Escort prata;
3) Os PCs receberam uma doação de água, isotônico, energético, sanduíches e frutas, mas apenas água e isotônico serão abundantes. Fomos surpreendidos pela grande procura pela prova;
4) O Audax/Desafio não é uma competição, os PCs operam com horários de abertura e fechamento baseados na média máxima de 30 km/h e mínima de 15 km/h;
5) Regra do atraso nos PCs:
Se um atleta chega a um Posto de Controle atrasado, o organizador poderá lhe permitir continuar se seu atrasao é devido a um eventual imprevisto e independente do atleta como uma parada para ajudar em um acidente ou uma estrada fechada. Problemas mecânicos, cansaço, falta de forma física, fome, etc, não são motivos válidos para atraso. Fora dos casos precedentes, o atleta deverá respeitar as tabelas horárias intermediárias, sob pena de não homologação de seu Brevet, mesmo se este é efetuado dentro do tempo limite.
6) Não há infra-estrutura da prova para resgate de atletas desistentes e/ou suas bicicletas;
7) Não haverá divulgação dos tempos em ordem de chegada. Os tempos serão divulgados por ordem alfabética;
8) Os certificados de ambas as provas serão entregues logo após a chegada. É um modelo com espaço em branco para que o voluntário do PC 4 (chegada) preencha à mão com o nome do atleta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor escreva seu nome ao inserir comentário.